Como escolher um excelente advogado?

Quem não conhece advogados ou não tem boas indicações, encontra dificuldades para escolher o advogado ideal para cuidar do seu caso. Hoje selecionamos os passos mais importantes para escolher um bom advogado em BH. Confira:

Saber escolher um bom advogado é imprescindível, pois é ele quem lhe representará perante à Justiça no andamento de uma ação. Se você vai abrir uma demanda e não tem indicações de profissionais para levar seu caso, confira nossas dicas e faça a escolha certa.

A decisão deve ser tomada não apenas com base nos anos de experiência do profissional, mas também considerando a qualidade do atendimento, cordialidade, trato com o cliente, entre outros pontos.

1) Confira o registro do profissional

Esse é o primeiro detalhe que deve ser verificado antes de se escolher um advogado. Além de cursar a faculdade de direito, o profissional deve passar por uma prova feita pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Somente os aprovados nesse exame podem exercer a advocacia. A lista com os advogados com registro ativo e regular, e autorizados a advogar, pode ser consultada no site da OAB.

2) Filtre pela área de atuação

Como a área de direito é muito ampla, os profissionais costumam se especializar em determinados campos de atuação. Sendo assim, é importante que o advogado escolhido seja especializado na área do seu caso. Por exemplo, há mais chances de sucesso quando uma demanda contra um empregador seja levada por um especialista em direito trabalhista que por um especialista em direito penal.

3) Verifique a experiência profissional

Além, do curriculum do advogado, confira sua experiência na área de atuação. Pergunte sobre os processos defendidos e casos parecidos ao seu. Questione quais foram os argumentos usados e qual a porcentagem de sucesso que teve nos casos similares ao que você deseja assessoria. Consulte também o quanto o profissional é especialista nessa área de atuação pesquisando na Internet os artigos que ele já escreveu.

4) Veja opiniões

Cada vez mais as pessoas estão dispostas a compartilhar as experiências que tiveram com os profissionais, tanto positivas como negativas. Aproveite para consultar opiniões sobre os advogados, tempo do processo, atenção, etc. Essa é uma boa maneira para conseguir recomendações.

5) Preze pelo bom atendimento

Ninguém quer se sentir abandonado e sem informações sobre o seu processo. Por isso, o atendimento prestado pelo advogado deve ser um fator decisivo na hora de escolher um profissional. Faça o primeiro contato por telefone, passando informações básicas sobre o seu caso para “sentir” o trato profissional. Na consulta presencial, é possível ver a cordialidade do advogado e conhecer melhor a estrutura que ele pode oferecer aos clientes.

É comum que na área de direito existam muitos termos técnicos, porém, a relação advogado-cliente deve ser clara e o mais simples possível para que haja compreensão do andamento do processo. Se estiver em dúvida entre profissionais com competências similares, opte por quem ofereça o melhor atendimento e lhe deixe à vontade. Bom atendimento não significa escutar o que você quer ouvir. Ou seja, fuja de profissionais que garantam 100% de sucesso, já que, por mais competente que seja o advogado, não é possível confirmar o êxito dos casos.

Agora que você já sabe que caminhos seguir, clique aqui e escolha o advogado em BH mais adequado para levar o seu caso.

, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *